quarta-feira, 25 de março de 2009

Noitada na PERCA

Novo miminho by XP...

"Agendada uma semana antes… o dia finalmente chega.
Logo antes da hora combinada começa os imprevistos…acontecendo uma conversa telefónica ao género “há e tal ouve um imprevisto a gaja Y colou-se a nós para ir para o café e há e tal já estas pronta?” Eu na minha inocência respondo " dá-me 20 minutos que é só jantar e estou pronta"... (mal sabia eu que devia ter engasgado, parado a digestão algo do género para não ter um ataque de nervos à posteriori).
Lá me aparecem as 2 amigas passado os famosos 20 minutos. Quando entro no carro de uma delas foi o caos para tentar perceber o porque de pessoas sem credibilidade se anexarem assim sem dificuldade…mas de pouco valeu porque o escândalo já estava a começar a ser montado, agarramos a 4ª elementa (lol) e lá fomos, em direcção ao café onde ela se encontrava.
Tenho que fazer um parênteses e explicar que a gaja LOL é casada e com uma filha que tem basicamente a minha idade o que se conclui que eu iria encontrar-me com uma pseudo-mãe, não quero com isto dizer que não goste de falar com pessoas mais velhas… bem já vão perceber do que falo…
Chegadas ao café combinado e nada da gaja; como o café estava cheio fomos para o do lado e toca de mandar mensagens e nada… Esperamos talvez uma hora, nesse tempo de espera começamos a conjecturar o que lhe teria sucedido desde ter caído da sanita abaixo, de estar incontinente ou mesmo de estar no momento da injecção de medicamentos, nada foi esquecido.
Até ao momento que ela chega com uma desculpa magnifica “ há e tal estava a fazer tempo no continente”. Eu pensei que rica desculpa, o que se faz depois das 10h da noite vai-se para o continente fazer tempo… é o medo mas enfim.
Eu como sou anti-social e não tenho paciência para acefalias não troquei conversa com ela...haja paciência…mas ouve quem troca-se e surgiram conversas de todo o interesse “há e tal a sopa que fiz há dois dias a minha filha não gostou nada” (eu só pensava realmente qual o assunto com mais lógica para se falar as 11h da noite é da sopa obvio…) ou mesmo (e aqui a acefalia esteve no seu auge) “ eu tenho em casa um boneco do cão …há há há…e o cão passa o tempo a pinocar com boneco…há há há…que eu ate fico cansada de ver … há há há…. (eu fiquei estática e a pensar eu não ouvi isto… matem a mulher… mas a verdade é que quando alguém ri sem iniciar a conversa é logo um pé atrás…Epá e pinocar já é o medo, saber que o cão faz com um boneco ate, tinha agradecido que não me tivesse descrito a cena para não ter a possibilidade de a visualizar e em relação à parte de que se cansa de o ver nem comento para não dizerem que sou má língua…).
O tempo passou e ela teve e ir e dai piramo-nos para o local X. Chegamos quando tudo estava a fechar e ainda bem. Ruas apinhadas que para não nos perdermos umas das outras tivemos de andar de mão dada (uma decadência LOL). Lá se cumprimentou uns conhecidos e lá nos piramos após sermos consecutivamente atropeladas por pessoas, perdão por miúdos…
Depois dos cumprimentos saímos com o objectivo de irmos para algum lado em que tivesse a dar música dos anos 80 (o intuito ate não era mau…). 2º Imprevisto comunicação de telemóvel “Há e tal onde estão, eu estou no local X. Para onde vão? Há e tal podemos ir ou causa transtorno?”nem digo a resposta que é óbvio, não fui eu a responder lololol.
Quando chegamos na zona e eu não quero ser mal vista ou que esteja a fazer uma má crítica digo apenas que a zona, lololol bem…parecia que tínhamos entrado na Buraca mas lá continuamos.
Entramos na disco com os apêndices atrás, o porteiro sério, na porta a disco fazia lembrar um cabaré antigo, o que se via primeiro, uma cortina de veludo vermelho a tapar a pista, passa-se a cortina e, estava um bar de cada lado olhava-se para a frente e via-se a pista de dança como também se via galerias uma de cada lado dos bares onde se encontravam casais de alguma idade a jantar (óptimo sitio para se jantar e conversar só é pena a musica estar muito alta para isso mas enfim…). A média de idade era sem dúvida superior à minha, talvez na casa dos 30-40 anos.
Contudo, a noite parecia prometer Dj’s (1 novo e um velho com um ar de não se metam connosco que somos maus, que não deliravam com a musica mas estavam com ar de estilosos lol). No entanto, a musica não era nos anos 80, mas tivemos direito a ver tesourinhos deprimentes. Desde um dos apêndices dançar como ei de dizer a roçar muito as mãos no corpo e a não ligar a raparigas…, ou mesmo ver um trio de homens bêbados a dançar entre eles e dançavam como se fossem literalmente galinhas, eu vou tentar explicar assim meio agachados, rabo espetado para trás LOL e a mexer os braços e a cabeça…foi o medo, uma gaja que dançava de uma forma lasciva para o suposto namorado que passado 30 minutos se tanto o suposto já estava a dançar com outra de uma forma lasciva.
Desta feita e com o degradar da musica lá demos corda aos sapatos e demos por terminada a noite."

5 comentários:

fs2 disse...

Eu morro, LOL!!

XP disse...

Morrer? lolol não morres nada ... (bolas vi ali algumas gafes de português... mas pronto)
...e quem devia morrer era eu pelo trauma que apanho sempre que tiro os pés de casa...

fs1 disse...

meiga xp!!! por amor de deus:
1 - nc mais saias sem ser com a equipa PERCA para que possamos comentar todo esse horror.
2 - n faço ideia de onde fica esse espaço mas diz-me ao menos que o dj não faz boquinhas :x
3 - n fales assim da buraca. eles cuspiram os buraka som sistema ;) lool só por isso merecem algum crédito xD PONGO LOVE

XP disse...

Longe de mim falar mal da buraca... só estava a tentar descrever os transeuntes da altura.... tipo uma multidão é dificil de não se notar...

fs1 disse...

lol eu sei meiga XP. tu rullas ;____;
fico smp mto comovida com os teus textos. são contributos dignos do mimo da nossa PERCA.

 

a perca © 2008. Chaotic Soul :: Converted by Randomness