segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Poesia da PERCA - Affonso Romano de Sant'Anna

"Deixa que eu te ame em silêncio.
não pergunte, não se explique, deixe
que nossas línguas se toquem, e as bocas
e a pele
falem seus líquidos desejos.

deixa que eu te ame sem palavras
a não ser aquelas que na lembrança ficarão
pulsando para sempre
como se amor e vida
fossem um discurso
de impronunciáveis emoções."

Affonso Romano de Sant'Anna

1 comentários:

iGO disse...

nao gostei, ora.. amar em silencio?
quando é para amar.. até a barraca abana!!!!!.. .
ah pera.. isso tem outro nome :S oops

sendo assim:
belo...

:)

 

a perca © 2008. Chaotic Soul :: Converted by Randomness